SAIR DE MIM

Hoje eu queria sair de mim
voar pelos ares sem fim
na angústia por um ponto final
trazer pra mim aquele alto astral

Hoje eu queria fugir da vida
estancar essa dor ferida
curar esta mágoa doída
que me deixa assim tão sentida

Hoje eu não sei o que sou
talvez uma sombra no caminho
cadê a luz que se apagou
está distante, tão fraquinha

Onde está meu ponto de partida
me mostra o caminho da chegada
a vida está por demais dolorida
sem o sol que ilumina minha estrada

Estrada que está sem rumo
procuro e não consigo crer
que se mudar o meu rumo
quem sabe conseguirei crescer

Nem o sol quer brilhar hoje
sem arco íris, flores no chão
perdeu-se a magia, as cores
a vida perdeu a ilustração

Vem vida, me trazer alegria
me tira dessa angústia sem fim
me devolve em dias de magia
o que foi-se, saiu de mim...

 

 

QUE ALEGRIA?
suelydam


Hoje não posso falar de alegria
porque minha alma está em nostalgia
falta o gosto pela vida, vontade de nada
prefiro ficar sozinha, estou sem magia

Para falar de alegria é preciso senti-la
na sua formosura e plenitude
hoje não posso falar de uma coisa
que falta e não sinto amiúde

Eu sou alegre e amo a alegria
meus sentidos são em torno de sorrir
mas hoje falta esse doce afeto
e eu não posso escrever sem omitir

Mas o rio corre e logo ela volta
e encherá meu peito de vida
pois alegria faz parte de minha vida
hoje que não dá pra falar, estou sentida!

 

 

Presente que ganhei de Maros (lindo)