ENFIM...

Enfim te encontrei...
Como pode passar tanto tempo?
Como pode me enganar o vento?
Como vivi sem esse alimento?
Como consegui andar sem sustento?

Enfim... você chegou...
Minha vida vazia enfeitou
meu desafio sofrido suavizou
meu sonho turbulento concretizou
e minha alma opaca abrilhantou

Enfim... você apareceu
meu frio aqueceu
minha noite amanheceu
minha vontade conheceu
e junto a mim permaneceu

Seja bem vindo meu senhor
agora sou completa e com louvor
pois chegaste com o teu calor
e me fez vibrar de tanto amor.

 

SuelyDam
12/05/2008

Interpretação Astir Carr