A DIFICIL HORA DE ENCARAR NÓS MESMOS
SUELYDAM


Coração pulsa, bate acelerado, a vida chama
órgãos reclamam, boca seca, olhos ardem
pernas bambas, mãos suam, peito inflama
nervoso aparente, ouvidos ensurdecem

Será o que isso que nos pega de jeito?
paixão que veio de soslaio e nos arrebatou?
problemas que acontecem dia a dia
ou será que minha dificil sina parou?

Não, não precisa ser paixão, ou problemas,
saúde que reclama cuidados especiais
somos nós, ali, diante de um objeto
querendo encontrar sentimentos reais

Quando paramos diante de nós?
quando nossa imagem reflete no espelho
e paramos de pensar nos detalhes corpóreos
e tentamos enxergar por dentro a centelha

Centelha divina que um dia soprou vida
e que tropeçamos todo os dias sem parar
sentimentos trocados que vão e vém
sem saber se somos capazes de aguentar

Olhar dentro de mim, é difícil demais
meu espelho anda embaçado não é o mesmo
queria encarar este reflexo do meu eu
que anda meio desfocado, a esmo.

Quisera eu voltar a ser simples como criança
ver somente o bem além das aparências
e sorrir de verdade, amar sem receios
ser verdadeira sem precisar pedir licença!

Tutorial Nines

Tube ? Marydesign