DESTINO



Que destino é este que traça traços tão tortos?
que faz cruzarem-se caminhos tão desconexos?
que ressuscita momentos considerados mortos?
e faz outros instantes tão difíceis e convexos?

Ora destino, não mude assim à sua revelia
não queira desentortar regras já marcadas
você usa e abusa de tantas vidas todo dia
e desestrutura terrenos e áreas já cercadas

Não queira mais uma vez brincar comigo
Meu coração já não agüenta tanta pancada
eu sou a mesma imagem e assim sigo
pelas trilhas tortuosas da mesma estrada

Não queira mudar nem remarcar destinos
a vida já é sobremaneira difícil e me arrasta
por caminhos escuros onde não acho ninhos
que me aconchegue, nessa trilha nefasta!

 

Estrelinh@

 

Na arte maravilhosa de Angela*Poesi@
 

 
 

_________________________________

Créditos:

Tutorial

Top Printaniere -Nines
Tube Feminino:TOCHA
Tube vaso: Jv.D.E
Arte e formatação: Angela*Poesi@