Amor...
que não se descreve!
Sudam
 
 

Não posso descrever tamanho encanto
desse Amor lindo que me arrebatou,
sinfonia dedilhada pelos anjos
em harpa excelsa que Deus enfeitou

Não existe Amor tão grande que não caiba
na redoma de nosso coração;
por ser sublime, ungido foi, que eu saiba,
pelo universo inteiro em oração!

O Amor que é tudo, que é lua e que é sol,
perfume que enlanguesce a terra e o ar,
da cor de um amarelo girassol,
tão suave como um pássaro a voar...

Pra enaltecê-lo eu rogaria ao vento
secasse com seu sopro a água do mar
e em seu leito se erguesse um monumento
pra que o Amor se pudesse exaltar.

Viver sem ele seria um tormento
sem algo bom podermos desfrutar...
Mas hei de tê-lo no meu pensamento
enquanto a vida em meu ser perdurar!

 
SuelyDam
 
 
 
Formatado carinhosamente
por Lucia Trigueiro