Tua Imagem
(Ruth Gentil Sivieri)


Tua imagem foi pintada em uma tela
Um quadro que jamais pintar ousara,
Onde a beleza assim desabrochara
Em meio a tintas mil de uma aquarela.

A cor de fundo só seria aquela
Contrastando o contorno em forma rara
Deixando-a mais sutil e mais que bela
Notando a perfeição que era bem clara.

Nessa visão eu pude mais amar-te
Muito e bem mais que todos os amores
De minha vida sempre foste parte

Resplandecendo em todos os primores
Agora retratado em bela arte
Possa eu amar-te mais e sem clamores.


CARÍCIAS DE UM SENTIR
(Ruth Gentil Sivieri)


Todo esse amor que tenho, me fascina.
Tua voz e o teu sorriso me anima,
serás o meu eterno amor.
Tua alegria faz-me bem, me acalma,
há quentura do sol para minh´alma
trazendo-me mais cor.


Estrelas rutilando pelos ares,
refletindo seu brilho pelos mares...
Tu és o meu viver!
O horizonte parece mais bonito,
nos lábios, o sorriso favorito,
que sempre vens colher.


Esvoaçando o soturno véu da noite,
o vento passa como um leve açoite,
trazendo aroma e luz.
Na grandeza gigante do universo,
para ti é que faço o meu verso,
que o grande amor conduz.


Tua beleza me encanta, me fascina,
qual um canto de música Divina,
és flor em meu jardim.
E continuas em meu pensamento,
não cairás, jamais, no esquecimento,
pois és parte de mim!

 




MISTERIOSA

Ruth Gentil Sivieri

Para mim, que sequer sei se existo,
angústia é esperar sem esperança,
é ter o olhar perdido na lembrança
e ver que a vida se resume nisto.


A alegria é coisa de criança,
é a esperaçna pela fé em Cristo.
Um botão, quase flor, que ela alcança
para fazer em sua mão ser visto.


A paixão é uma seta traiçoeira
que fere o peito e, na ferida aberta,
deixa plantada, pela vida inteira,
para novas paixões dorido alerta.


A saudade é a dor mais penetrante
das dores que o sentido concebeu.
É a presença do que está distante
de ser futuro, e nunca aconteceu.


Sentimentos que fazem-nos viver
alegrias no amor ou dolorosa
existência irreal, que passa a ser
uma tragicomédia misteriosa!