Dias azuis

texto poético do livro "Dias Azuis" - Moacir Sader

  

Seus lábios me sorriem com doçura

geram emoções raras, transformações em meu interior,

portas para o paraíso, amor-incondicional...

Sinto-me energizado por nosso amor gêmeo

e o desejo de amar com amplitude toda a vida cósmica.

E assim vôo com os meus olhos do espírito ao redor do planeta,

vendo nele energias incrustadas, poluindo, destruindo.

São energias geradas ao longo da história terrena

por falsos amores e sentimentos negativos.

O planeta está morrendo por isso,

o anti-amor causa destruição.

O amor de almas gêmeas é milagre, faz renascer a vida,

fertiliza um novo tempo do espírito terreno.

O planeta está urgentemente precisando desse tipo de amor,

de muitos amores gêmeos experienciados.

As energias dos amores gêmeos precisam ser emitidas em larga escala,

pois o amor/prazer do encontro de seus corpos/almas

gera energia dinâmica circulando ao redor do casal,

expandindo e envolvendo todo o  planeta até que a transmutação aconteça,

e seja rompida a escravidão espiritual e do desamor,

que tem gerado desequilíbrios planetário e humano.

O amor a dois é divino, liberta, transforma quem o sente e todo o planeta.

Com o amor/energia vivenciado a dois amplamente,

reproduzido por  milhares de sentimentos vividos de forma plena por almas gêmeas,

os dias terrenos poderão nascer azuis; as estrelas brilharão em novo céu.

Os homens serão livres para amar com integridade todo tipo de vida planetária e galáctica e entender, enfim, a verdade nunca antes percebida:

que os conceitos e dogmas sociais, religiosos, políticos e da mídia não têm passado de táticas espirituais escravocratas,

visando o aprisionamento da raça humana à dor, ao medo, à doença e às crenças espirituais equivocadas.

Com essa energia de amor divino nascidos dos corações de almas gêmeas,

estarão sendo energeticamente destruídas, então, tais armadilhas de aprisionamentos.

O amor divino a dois de almas gêmeas

é o antídoto singular  para o rompimento das amarras criadas,

e para a transmutação dos seres terrenos,

e consequentemente  libertação espiritual e purificação planetária,

gerando o amor incondicional.

E desse modo, nascerá o planeta Terra livre,

a Nova Era com os seus dias azuis.

 

 

Exceção

texto poético do livro "Almas gêmeas e o futuro do planeta" - Moacir Sader

Cada segundo sem você é eternidade

por você ser vital para mim e eu para você.

O meu coração vive em você,

o seu coração habita em mim.

Nossos corações se pertencem desde o nascimento espiritual

e continuarão se amando para sempre.

E isso acontece porque somos singulares um para outro,

você é exceção no planeta por ser única para mim,

eu sou exceção entre todos, por ser exclusivo para você.

Assim como você reside para sempre em mim,

estarei eternamente em você,

duas almas que se completam,

por serem gêmeas,

formando um único espírito.

 

Silêncio

texto poético do livro "Viagem à cidade espiritual de Necanerom" - Moacir Sader


 

Longe dos ruídos,

Posso ouvir os sons da natureza,

A cantiga do vento,

O sentir da vegetação,

As vozes dos animais.

 

Distante dos barulhos,

Consigo alcançar o silêncio,

O meu silêncio e

Viajar pelo meu interior,

Descobrindo os sinais,

Os vestígios da presença de Deus, revelados.

 

Em total silêncio,

Posso intuir as vozes dos anjos,

Dos mentores espirituais

E captar as mensagens,

Levando-me à sabedoria existencial.

 

Com extremo silêncio,

Escuto a voz de Deus a me tocar,

Tomando-me por inteiro,

Divinizando-me de intenso amor.

 

Quando em absoluto silêncio,

Ouço as batidas de meu coração,

Que estão a me dizer:

Nascemos para amar,

Unicamente amar,

Incondicionalmente a todos amar.

Tube: Tocha