TEU BEIJO
Mavi lamas
 
A vontade de teu beijo
Torna-me pura
como a água cristalina
E tão infinitamente viajante
Como as nuvens no céu.
 
Me faz pensar que não haja tristeza
No meu caminho...
No meu pensamento
 
 
Beijo é o começo das trocas
Do encanto ...das juras de amor
É o resgate da alma
É deslumbre, é frenesi
É o início da viagem no outro
Ele capta no ar a canção e a paixão
O sentido de amar e transporta a emoção
 

 

Guardarei o sabor dos teus beijos

 

Te amarei à distancia

Jamais te esquecerei

Mesmo sabendo que nunca te terei

Levo teu beijo...No silêncio dos meus lábios
No calor das  minhas mãos
Que te ensaiam carinhos

Na minha boca que te deseja
Enlaça-me em teu braços
fica aqui comigo
E descansa em meu abraço
 
 

 

MUDE-ME
Mavi Lamas

 

Inunda -me os ouvidos de razões muito velhas

Afasta de mim as festas coloridas que tive

Livra-me toda de mim

Com palavras de ilusão não me convence ninguém

Tudo o que guardo na mão é absoluto e constante

Não são vislumbres de além

Não reconheça em mim nenhum milagre

Não sou irmã das estrelas

Nem dos astros... Nem dos arrebóis

Tenho uma dor consciente

De bicho que sofre as  perdas 

E se desloca de rastros e sofre assim...

O tempo de vendaval  governa ainda meus dias

De fome de afeto...De sede de carinho...

 

Os ventos  de chuvas frias põe cansaços de aço

Nas minhas doces melancolias

Deslaça-me os meus cabelos com suas mãos tão frias..

Esperando ainda acordar ao acorde do sol

Minha lágrima reverbera seu orvalho de mel

Camufla-se às vezes ,em sorriso no céu

Alumiando as nuvens no amanhecer...

 

TERNURA
Mavi  Lamas
 
 
Amor... não deixes tua voz perder-se na distancia...
Não deixe que ela se misture ao vento
E eu não consiga te escutar...
Canta aos meus ouvidos os teus canticos
Embala-me em doces harmonias
Fala-me os teus versos
Não me deixe sem esta alegria
Me olhe com desejo,me olhe com ternura
Para mim basta-me lembrar do teu rosto
Chamar teu nome na distancia
Ou numa dessas preces mudas que faço sempre
Em respeitoso silencio
 
Olhe dentro dos meus olhos,
 perca-se em seu brilho
Olha-me com ousadia,provoca-me...seduze-me...
Inunda-me de coisas boas
Molha minha boca com teu beijo
Sente na minha pele nua
Nos meus lábios, no meu corpo o sabor de lua...
 
Levanta os pés do chão, livra-te dessa solidão
Me envolve em teu sorriso  encantador e mágico
Me cubra com tua sombra amiga
Mas...  faça adormecer em paz e bem depressa
A mulher que acorda no meio da noite
Que te ama tanto ...E tem a estranha mania
De  conversar com as estrelas