Quem sou?

A quem possa interessar !
Sou tão transparente
Que não é preciso nem perguntar
Sou filha, sou mãe e também avó
Filha de uma rainha, minha melhor amiga
Mãe de dois homens lindos
Um de cada casamento! Casamentos findos!
Do primeiro casamento fui pouco feliz
Do segundo feliz demais
Dos dois fiquei viúva
Não pretendo casar mais!
Avó da Bianca
Uma linda boneca!
Estou sempre amando
Amo todos e tudo
Amigos tenho por demais!
Amores? Alguns quase perfeitos
Mas outros imperfeitos
Estou sempre rindo
Difícil me ver chorando
Quando estou indo ou vindo!
De qualquer lugar
Tenho muitos defeitos
Sou taurina teimosa,
mandona e ciumenta
dengosa e vaidosa
Qualidades eu as tenho
Algumas!
Mas sou vergonhosa para falar
Mas uma coisa não posso negar
Adoro escrever e poetar
E através dos meus poemas
me assumo e me desnudo
Se estou triste ou feliz
Meu poema tudo diz...
Não consigo enganar!
Minhas emoções não consigo guardar!
 

Marly Caldas

 

Sou assim...mas o amo!

 

Sou ciumenta...
Sou sim...e vou ser sempre assim!
Sou dona...
Não lhe divido...nem no meio partido!
Sou carente...
Preciso que  me  cure urgente!
Sou desconfiada...
Piso na bola , entro numa furada!
Sou briguenta...
Mas só quando você me atenta!
           Mas...
Sou carinhosa...
E com você serei sempre manhosa!
Sou amiga...
Sempre que puder lhe dou a dica!
Sou companheira...
Por isso serei sempre sua parceira!
Sou sacana...
Mas só com você na cama!
Sou toda sua...
Por isso não me solte na rua!
 
Tenho piti, lhe encho o saco!
Tudo isso, até mico pago!
Fico muito emputecida
Penso até em ficar sumida
Cobro, chamo, telefono..
Sabe porque? Eu te amo!
 

Marly Caldas

 

 

 

Estou apaixonada


 
Estou apaixonada
perdidamente
Imensamente...
Estou caminhando nas nuvens
Estou levitando no ar
Nunca pensei um dia me apaixonar
Tão profundamente
Foi de repente
Sem nenhuma intenção
Descobri essa paixãoApareceu como uma miragem
Ou então como uma viagem
Que me encheu de coragemE enxerguei minha realidade
Que era uma verdade!
Como se diz
Maior que estrelinhas do céu
Maior que peixinhos no mar
Debaixo de um véu
Escondida de tudo
Encontrei o meu lugar
Por uma mulher me apaixonei
Só que essa mulher sou eu
Eu aprendi a me amar!

 

Marly Caldas