SOU A LUA...

 

Sou aquela que, sem luz própria...
Na humildade, reflito a sua...
Sou eu que entro, sorrateiramente, por sua janela...
Sou eu, que sem perceberes, mexo com seus sentimentos...
Eles  eu faço acontecer...
No seu sangue, na terra...
 em todos os líquidos...
eu domino 2/3...
Na vida, eu sou a vida...
Eu dou a  vida para  a  vida...
Se me escondo...
Torno seus dias  sombrios...
Deixo-te em estado de melancolia , triste...
No entanto, ao voltar meu brilho...
Resplandeço no céu...
A todos  encanto...
Cantada  em prosa e verso...
Cativo os que conversam ...
Me dou para que se dêem...
Sou feliz, pois me  realizo, assim, em você...
Esta sou eu...
Apenas  uma lua...

  ALMA CIGANA

 

 
 
POEMA TRISTE...



Apenas o tempo passa...

Pessoas vão e vem...

Árvores, casas, objetos, parados...

Aves, em bando, revoam...

À procura de uma pousada...

O ar de natal se faz presente...

Efervesce, no ar, a magia...

Das luzes, das cores, dos amores...

Tudo conspira para um encontro...

Mulheres, homens, jovens, idosos, crianças...

Anjos da Guarda velam a todos...

Do alto, o espetáculo é lindo...

E, eu, aqui, sozinho, aprecio tudo...


Alma cigana 24/12/2007
 
 
 
 
Tesão...

Cale minha boca com teu beijo...
Pare meu coração com teus seios...
Faz meu corpo tremente serenar...
Encostando-se no meu...
Fazendo-me gozar!!!...

Autor: Alma Cigana
Data: 22/02/03
 
 

 

Tube: Ana Ridzi