Doce saudade!
(Humberto – Poeta)

Saudade, leva-a o fado!
(Eugénio de Sá)

*

Toda saudade é tristeza,
toda esperança é fagueira;
se a saudade é portuguesa,
a esperança é brasileira!

A saudade é portuguesa
e o seu sentir tão profundo
que é cantada na tristeza
que o fado leva p’lo mundo.

Que a saudade é portuguesa
ninguém jamais negaria,
mas se não fosse a tristeza
o fado não existia.

É dual a afirmação
e por sê-lo e ser verdade,
cantamos c'o coração
a tristeza e a saudade.

Mas a esperança, amigo meu
não vive triste afinal;
brilha sob o mesmo céu
do Brasil a Portugal !

 

Brasil/agosto/2008